Cantores que já mandaram indiretas através de suas músicas para outros cantores

thumbnail

O mundo da música é cheio de glamour, sucesso e dinheiro, mas existe também muita competitividade, brigas e conflitos nos bastidores, por isso, o Ploct separou alguns cantores que já mandaram indiretas através de suas músicas para outros cantores. São eles:

Taylor Swift × Katy Perry

Em 2013, a cantora Taylor Swift acusou Katy Perry de ter roubado 3 dançarinos seus, durante a sua turnê “Red”. O fato foi que antes de assinar contrato com a Taylor, os bailarinos que já haviam trabalhado com Katy no passado, desistiram do contrato e foram trabalhar na turne de Perry, a “Prismatic World Tour”. Taylor ficou tão irritada que demitiu os bailarinos na mesma hora. A partir daí a briga entre as duas estava oficilializada. As duas ficaram anos sem se falar, e trocaram farpas entre si através de suas músicas. Após o episódio dos bailarinos, Taylor escreveu “Bad Blood”, falando sobre alguém que “tinha sangue ruim”, em “homenagem” a Katy e trechos como “porque, meu bem, agora nós temos uma rixa” ou “eu pensei que você poderia ser confiável”, deixaram isso bem claro.

Reprodução / Youtube / Vevo / taylor Swift feat Kendrik Lamar “Bad Blood”

Katy Perry, por sua vez, respondeu com a irônica “Swish, Swish”, que tinha trechos como “uma tigresa não perde o sono, não precisa de opiniões de uma recalcada ou Maria vai com as outras”, fazendo referência ao “Bad Blood” da Taylor.

Reprodução / youtube / vevo / katy perry ft nicki minaj “swish swish”

Após várias tentativas e mensagens de trégua, a reconciliação entre as duas estrelas só aconteceu no início desse ano, quando a katy Perry, convidada por Taylor, aceitou participar de seu clipe “You Need To Calm Down”, que traduzida significa “Você Precisa Se Acalmar”, fazendo referência a briga entre elas e selando definitivamente a paz na música pop.

Justin Timberlake × Britney Spears

No início dos anos 2000, Justin Timberlake e Britney Spears formavam o casal mais celebrado da cultura pop.

Em 2002, após Justin saber de uma possível traição de Britney com um dos seus dançarinos, ele resolveu colocar um ponto final na relação e ainda escreveu a música “Cry Me a River”, que traduzida significa “Chore Um Rio Por Mim”. A letra da música foi um desabafo explícito do cantor para a traição de Britney, e trechos como “você era o meu sol, você era a minha terra” ou “você disse que me amava, então porque me deixou sozinho” deixaram isso bem claro, e com direito a sósia da cantora no clipe.

Reprodução / youtube / vevo / justin timberlake “cry me a river”

Após o término de seu relacionamento com Justin, Britney viajou até a Lombardia, na Itália, onde compôs ao lado de sua amiga Annet Artani, a melancólica “Everytime”. Especula-se até hoje, que a música seria uma resposta a “Cry Me a River” do seu ex, e trechos como “me note, pegue a minha mão” ou “Por que continuar sem mim?”, evidenciam essa teoria. A própria Annet confirmou que a música era uma resposta as declarações de Timberlake sobre o namoro deles na mídia, mas Britney ao ser questionada sobre essa possível resposta, não confirmou e nem desmentiu.

Reprodução / youtube / vevo / britney Spears “everytime”

Selena Gomez × Justin Bieber

Na noite de 23 de outubro, Selena Gomez lançou a melancólica “Lose You To Love Me”, que traduzida significa “Te Perder Para Me Amar”, e os fãs notaram que a letra era sobre o seu ex relacionamento com o cantor Justin Bieber e trechos como “Você me prometeu o mundo e eu me apaixonei por isso” ou “eu vi os sinais e ignorei” deixaram bem claro para quem Selena cantava a música.

Hailey Baldwin, ao ouvir a música de Selena, com a suposta indireta para o seu marido Justin Bieber, compartilhou em sua conta no twitter a música “I Will Kill You” que traduzida significa “Eu Vou Te Matar”, da Summer Walk. É claro que a música caiu perfeitamente como uma resposta a “indireta” de Selena Gomez.

Sempre muito discreta, Selena agradeceu ao retorno positivo da música e não se pronunciou sobre o post da mulher de seu ex.

Fonte: Mirror.UK / MTV News / Estadão

Comentários no Facebook

Subir