Adriane Galisteu confessou que já foi uma fumante compulsiva

thumbnail

Na tarde desta quarta-feira, dia 27 de novembro, a apresentadora Adriane Galisteu postou um vídeo em seu canal no Youtube, “Galisteu Sem Filtro”, onde admitiu que já foi uma fumante compulsiva. Ela disse que parar de fumar foi a coisa mais difícil que já fez na sua vida e que lutou durante muitos anos para vencer o vício do cigarro.

Reprodução / YOUTUBE / Adriane Galisteu

Adriane Galisteu confessou que quando seu namorado na época, o piloto de fórmula 1 e ídolo nacional Ayrton Senna morreu, ela ficou sem chão e para tentar superar o luto se mudou para a casa de um amigo em Portugal. Lá ela ficou morando sozinha, já que o amigo que a acolheu saiu para viajar ao redor do mundo. A solidão e a tristeza pela morte do namorado fizeram com que ela fumasse compulsivamente para suportar a dor. A apresentadora admitiu que foi só recentemente que ela conseguiu largar definitivamente o vício do cigarro. Foi o seu filho Vitorio que a fez refletir sobre a sua atitude como fumante e quando eles foram para a Disney, lá ela teve a certeza que não precisava mais do cigarro e conseguiu largar o vício definitivamente.

Comentários no Facebook

Subir